Início > Dicas > Por que usar a game engine do Blender?

Por que usar a game engine do Blender?

Muitos já devem ter se perguntado: – Por que usar a game engine do Blender?
É certo que existe inúmeras games engine’s no mercado, todas com as suas vantagens e desvantagens, então, para responder a essa pergunta, não devemos fazer comparações entre uma e outra, e sim, o que cada uma tem a nos oferecer. Baseado na experiência que adquiri no manuseio da game engine do Blender, elaborei uma lista com sete dos pontos primordiais das vantagens de se trabalhar com essa ferramenta:

1 – Multi-plataforma – A possibilidade de se criar jogos e interações que rodam nos principais sistemas operacionais do mercado abre bastantes portas para essa ferramenta. Muitas empresas e órgãos governamentais atualmente tentem a utilizar sistemas operacionais livres (Linux), e, é claro que você sendo capaz de desenvolver um trabalho com suporte a esses sistemas, a preferência será sua.

2 – O Blender é grátis – Trabalhar dentro da legalidade trás credibilidade para um desenvolvedor. Várias pessoas hoje desenvolvem suas interações sem as licenças de uso das suas respectivas engine’s . Não vou entrar no mérito se “é certo ou errado”, mas muitos clientes mais sistemáticos (físicos ou jurídicos) levam muito à sério esse quesito, sem contar também que as licenças de alguns softwares são bem altas para a nossa realidade.

3 – Fácil aprendizagem – É muito fácil de se aprender a engine do Blender, para isso só se precisa de um pouco de força de vontade. Os famosos “tijolos lógicos”, ou “logic brick’s”, são muito simples de serem usados. Qualquer pessoa que consiga entender a teoria inicial deles consegue seguir em frente por intuição. É claro que existe muito recurso que necessitam de um estudo mais avançado, mas com certeza com um pouco de conhecimento já é possível criar alguns jogos ou interações simples.

4 – Programação em Python – A game engine do blender utiliza como programação o Python, que é uma linguagem de programação de alto nível interpretada, interativa, orientada a objetos e de tipagem dinâmica e forte, sem dizer que é uma das mais simples de se usar existentes no mercado. Essa é uma das linguagens que mais cresce no mundo, sendo que em 2007 foi a 6ª mais popular, ficando atrás somente das mais famosas Java, C, Visual BasicTM, PHP, C++, de acordo com a análise feita pelo site TIOBE . No Blender, essa linguagem tem um poder fantástico, com ela é possível “extrapolar” as limitações da engine.

5 – Apesar do Python, não é necessário saber programar para desenvolver jogos – Isso mesmo que você leu! O Python é uma ferramenta poderosa para a game engine, mas, apesar disso ela não é necessária para grande parte das interações que você venha a desenvolver. É possível criar ótimos jogos sem usar uma única linha de programação.

6 – Desenvolvimento rápido – Criar jogos nessa game engine é relativamente rápido, isso graças a várias coisas: Uma delas é o fato do Blender ser uma suíte de editoração 3D completa, por isso o desenvolvedor praticamente não vai necessitar de usar outros programas auxiliares. Outro fato que contribui é o uso dos logic bricks, que diminui bastante o tempo de desenvolvimento.

7 – Ideal para quem desenvolve sozinho – Por ser uma ferramenta fácil de se aprender e de desenvolvimento rápido, a game engine do Blender pode ser considerada uma ferramenta ideal para o desenvolvedor “solitário” que quer trabalhar como freelancer, principalmente por ser uma ferramenta simples e de desenvolvimento rápido. O mercado hoje em dia é bastante carente de profissionais com capacidade para desenvolver maquetes interativas, apresentações dinâmicas e trabalhos acadêmicos e educacionais mais sofisticados. Posso dizer por experiência própria que existe demanda desse serviço, basta o desenvolvedor divulgar o seu trabalho e fazer bons contatos.

Esses são apenas algumas das vantagens de se trabalhar com a game engine do Blender (as que eu acho mais relevante). O importante é, antes de você decidir com qual engine se deseja trabalhar, faça uma pesquisa sobre as vantagens de cada alguma, e veja qual atende melhor o seu objetivo.

Categorias:Dicas
  1. abril 22, 2008 às 3:12 am

    Diego, existe alguma “galeria” de jogos criados com o Blender?

  2. diegorangel
    abril 22, 2008 às 11:59 am

    Olá João, tudo jóia!
    Vou colocar abaixo alguns links que podem ser úteis:

    – Tópico criado no fórum blenderartists com vários links para jogos e exemplos feitos no blender. Tem também, alguns tutoriais.

    – Jogo DukDuk! – Vale a pena abaixar, o jogo foi muito bem feito.

    – Lista com os “supostos” melhores jogos produzidos no Blender. Vale lembrar que tem muita gente desenvolvendo jogos bons por ai. Se você navegar um pouco no forum do blenderartists, vai ver vários jogos bons. Essa é uma lista que leva em consideração somente os divulgados oficialmente.

  3. Renato
    novembro 9, 2008 às 1:40 am

    Diego li seu texto e gostei e confeso que gostei muito muito, agora queria saber por onde começar a estudar a game engine do Blender, vi no seu site varios tutorias especificos mas eu não conheço nada. uso o blender a 3 anos mas só agora me despertou a vontade de aprender a criar meus jogos na game engine.
    abraço

  4. diegorangel
    novembro 9, 2008 às 10:39 am

    Bem cara! Hoje em dia, material completo e atualizado anda um pouco dificil de encontrar. Se vc não tem problema com o inglês, aqui tem um ótimo material:
    http://download.blender.org/documentation/gamekit1/

    Agora se vc tiver um tipo de problema com o inglês, sugiro esse outro, ele foi feito com uma versão muito antiga o blender, e tem muita coisa diferente da versão atual. Mas dá para tirar bastante coisa dele:
    http://www.procedural.com.br/gamekit/portugues/ketsji.html

  5. Renato
    novembro 10, 2008 às 1:46 am

    valeu pela ajuda vou me de dicar basatante e visitar aqui sempre, (não aguento mais fazer jogo em flash)
    abraço

  6. Guto
    novembro 15, 2008 às 2:46 pm

    vc não sabe de algum tuto em pt ou ingles que ensina um pouco sobre como utilizar o python, eu sei utilizar os logic bricks razoavelmente bem, mas algumas vez\es é preciso usar o python, no meu caso, eu quero criar um carro com suspensão e uma dinamica realista, mas axo q so seja possivel com o python, ou apenas um jênio poderia criar com locig bricks.

  7. diegorangel
    novembro 15, 2008 às 4:25 pm

    opa Guto…blz! Bem realmente a maneira mais fácil de se fazer uma física de carro mais realista no blender é via python mesmo. É possível fazer sem, mas dá MUITO trabalho hehehehe…
    Bem…caso vc precise saber dos métodos e classes que o blender te disponibiliza para trabalhar com a game engine aqui tem um link:
    http://www.tutorialsforblender3d.com/GameFunctions/ClassIndex_1.html

    Se vc quiser um atalho…nas classes do python tem essa ai:
    ClassKX_VechicleWrapper.html (http://www.tutorialsforblender3d.com/GameModule/ClassKX_VechicleWrapper.html)
    Ela é ideal para o que vc quer fazer..

  8. Apoena
    outubro 9, 2009 às 2:21 pm
  9. chrcs
    dezembro 8, 2009 às 9:52 pm

    Eu conheço um jogo que foi feito no Blender que se chama Club Silo.

    Vai no http://www.youtube.com e escreve Club Silo clique em pesquisar e você verá o vídeo do jogo.

    http://www.luma.co.za/

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: